Só Poesias e outros itens....

  • Anexando Territórios e possibilidades expressivas

Translate

Seguidores

13 de ago de 2008

Fragmentos

Quando estás vestidas,
ninguém imagina
Os mundos que escondes
Sob as tuas roupas.
Assim, quando é dia,
não temos noção
Dos astros que luzem
no profundo céu.
Mas a noite é nua,
E, nua na noite,
Palpitam teus mundos
E os mundo da noite.
~~
Pintura: Fragmentos de Giorgione
Poema: Manuel Bandeira

4 comentários:

sonia a.m. disse...

Uma beleza JU!
Manuel Bandeira é um dos meus poetas preferidos e a escolha desse fragmento de pintura ficou lindo com o poema!
Beijos.

Eduardo P.L. disse...

Muito SENSUAL, texto e fragmento de imagem!

Bjs

João Videira Santos disse...

..a verdade do nú num poema simples e singelo. Gostei.

Maria Augusta disse...

A beleza da pintura combina magnificamente com a beleza do poema. Muito lindo!
Um grande beijo.

Translate this page

Poesia Virtual

Poema ao acaso

Tertúlias Virtuais

Tertúlias Virtuais
Inscreva-se e participe - todo dia 15 um novo tema

Clique e Participe

Clique e Participe
2 de setembro: Tema Ecologia

@

@
Territórios Anexados : @

Selo-comments

Selo-comments

As escritas

As escritas

As geometrias

As geometrias

As artérias

As artérias

Prêmio 2008 - concedido por Varal de Idéias

Prêmio de novembro 2007

Prêmio de novembro 2007
concedido por Vi Leardi

Prêmio junho 2007

Prêmio  junho 2007

Prêmio concedido por "Varal de Idéias"

Prêmio concedido por "Varal de Idéias"
junho 2007

Premiação de Primavera 2007

Premiação de Primavera 2007
Concedido por Varal de Idéias e le Jardin Éphémère

Presente de Vi Leardi 2007

Presente de Vi Leardi  2007

Olhares

free web counter