Só Poesias e outros itens....

  • Anexando Territórios e possibilidades expressivas

Translate

Seguidores

26 de fev de 2008

Ode ao oito



Oito
O oito é universalmente, o número do equilíbrio,
das direções cardeais,
o número da rosa-dos-ventos,
os raios da roda, desde a rodela
céltica até a roda da lei búdica.
É o das pétalas do lótus e das sendas do
Caminho.
É também o número de olhares
que por aqui passaram:
(8888)
.
Obrigado

17 comentários:

Sonia disse...

Que lindo post, Ju! Parabéns! Que seus visitantes sejam infinitos, como essas imagens dos oitos!

un dress disse...

circulação

gravidez

gestação

Oi tO

Sonia disse...

Ju, só agora é que vi na Maria Augusta as suas carinhosas e generosas palavras! Muito obrigada! Há tempos eu lia seus comentários no Varal de Idéias... que bom que nos encontramos! É mesmo um grande prazer! Beijos!

Eduardo P.L. disse...

Jugioli,

muito bom.

Bjs

Vi Leardi disse...

Jugioli o equilibrio que tudo rege..e mantém de pé...a idéia do 88888888888...infinito...

Lindo parabéns beijo grande

Fernando Zanforlin disse...

Olá, ju
Muitos olhares e com o 8 me descanso no ∞
bj

Duran disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
LUIZ SANTILLI JR. disse...

E o 8 ao se deitar se transforma no infinito...que só existe no espírito matemático, tudo, abslutamente tudo, tem começo meio e fim, pois somos refens da entropia!

Beijo

Elcio disse...

E qdo deitado é o simbolo do universo....sinal q seu blog tem td p ser infinito...rss
É isso ai.
[ ]´s e parabens

Maria Augusta disse...

Realmente o numero 8 é mágico e poderoso, cheio de possibilidades, invertido continua ele mesmo, deitado é infinito.
Beijos.

Só- Poesias e outros itens disse...

Sonia,
é sempre uma viagem descobrindo novos amigos.

bjs.

Ju gioli

Só- Poesias e outros itens disse...

Un-dress,
uma gestação que brota de onde não parece estar, do tempo dentro do tempo.

bjs.

Ju gioli

Só- Poesias e outros itens disse...

Eduardo,
são rios de palavras que deságuam neste estar presente e que dotam do porquê destes vínculos.

bjs.

Ju gioli

Só- Poesias e outros itens disse...

Fernando, o infinito espontâneo e não codificado conjugam presenças, uma esquina do tempo.


Obrigado.
bjs.

Ju gioli

Só- Poesias e outros itens disse...

Luiz, é esta a razão pela qual o infinito deve fazer parte desta memória.

bjs.

Ju gioli

Só- Poesias e outros itens disse...

Vi,
sempre bem-vinda.

obrigada pela interação.

bjs.

Ju gioli

Anônimo disse...

Ju
gostei da sua comemoração,e
parabéns.

grande abraço

Marcio

Translate this page

Poesia Virtual

Poema ao acaso

Tertúlias Virtuais

Tertúlias Virtuais
Inscreva-se e participe - todo dia 15 um novo tema

Clique e Participe

Clique e Participe
2 de setembro: Tema Ecologia

@

@
Territórios Anexados : @

Selo-comments

Selo-comments

As escritas

As escritas

As geometrias

As geometrias

As artérias

As artérias

Prêmio 2008 - concedido por Varal de Idéias

Prêmio de novembro 2007

Prêmio de novembro 2007
concedido por Vi Leardi

Prêmio junho 2007

Prêmio  junho 2007

Prêmio concedido por "Varal de Idéias"

Prêmio concedido por "Varal de Idéias"
junho 2007

Premiação de Primavera 2007

Premiação de Primavera 2007
Concedido por Varal de Idéias e le Jardin Éphémère

Presente de Vi Leardi 2007

Presente de Vi Leardi  2007

Olhares

free web counter