Só Poesias e outros itens....

  • Anexando Territórios e possibilidades expressivas

Translate

Seguidores

22 de out de 2007

Poemas...


[Tu e Eu]



Feliz o momento em que nos sentarmos no palácio,
Dois corpos, dois semblantes, uma única alma
- tu e eu.

E ao adentrarmos o jardim, as cores da alameda
E a voz dos pássaros nos farão imortais
- tu e eu.

As estrelas do céu virão contemplar-nos
E nós lhes mostraremos a própria lua
- tu e eu.

Tu e eu, não mais separados, fundidos em êxtase,
Felizes e a salvo da fala vulgar
- tu e eu.

As aves celestes de rara plumagem
Por inveja perderão o encanto
No lugar em que estaremos a rir
- tu e eu.


Poema: Jalal al- Din Rumi (1207-1273)
Pintura: Altdorfer Albrecht

4 comentários:

un dress disse...

aqui agora:

fusionalmente

sobre território

êxtásico

provada.mente

imortal.




.lindíssimo!

beijO

Eduardo P.L. disse...

Diante de tantos poemas, fico na dúvida se gosto mais da ilustração, das rimas ou do som...

Bjs

addiragram disse...

Obrigada por me dares a conhecer este belíssimo poema!

Contra-pontos disse...

A todos, agradeço aos comentários.
Estes Poemas do autor Rumi, é para deixar na cabeçeira, na cama, no tapete... e ler sempre.... antes ou depois.

Bjs.


Jugioli

Translate this page

Poesia Virtual

Poema ao acaso

Tertúlias Virtuais

Tertúlias Virtuais
Inscreva-se e participe - todo dia 15 um novo tema

Clique e Participe

Clique e Participe
2 de setembro: Tema Ecologia

@

@
Territórios Anexados : @

Selo-comments

Selo-comments

As escritas

As escritas

As geometrias

As geometrias

As artérias

As artérias

Prêmio 2008 - concedido por Varal de Idéias

Prêmio de novembro 2007

Prêmio de novembro 2007
concedido por Vi Leardi

Prêmio junho 2007

Prêmio  junho 2007

Prêmio concedido por "Varal de Idéias"

Prêmio concedido por "Varal de Idéias"
junho 2007

Premiação de Primavera 2007

Premiação de Primavera 2007
Concedido por Varal de Idéias e le Jardin Éphémère

Presente de Vi Leardi 2007

Presente de Vi Leardi  2007

Olhares

free web counter